Unidades prisionais de Criciúma: detentos terão direito a uma visita por mês

 Unidades prisionais de Criciúma: detentos terão direito a uma visita por mês

A Secretaria de Administração Prisional e Socioeducativa (SAP) informou que com a mudança do Risco Potencial da região carbonífera para alto (cor amarela) as visitas nas unidades prisionais de Criciúma serão retomadas. Suspensas desde o mês de março, as visitas foram retomadas no último dia 20 de outubro em Santa Catarina em regiões com risco potencial alto ou moderado. 

Para acompanhar esse retorno, à Vara de Execuções Penais da comarca de Criciúma irá atuar no acompanhamento das medidas de segurança e saúde necessárias para a redução do risco de contágio pela Covid-19. “Haverá a retomada e as unidades prisionais de Criciúma estão se mobilizando para organizá-lo com todos os cuidados sanitários recomendados pela Secretaria de Saúde do Governo Estadual”, explica a juíza Débora Driwin Rieger Zanini, titular da Vara de Execuções Penais de Criciúma. A magistrada também destaca que não há mais nenhum caso positivo de Covid-19 no Presídio Regional Santa Augusta, Penitenciária Sul e na Penitenciária Feminina de Criciúma.

Conforme a portaria da SAP, o preso terá direito a uma visita por mês, presencial ou virtual, com a opção por parte do próprio visitante. Com a classificação como ‘alto’ na região Carbonífera, as visitas presenciais aos apenados terão duração máxima de 30 minutos e as virtuais de, no máximo, 20 minutos de conversação. Na visita presencial, que deverá ser previamente agendada com a unidade, só será permitido o ingresso de um visitante por preso, desde que cadastrado no Sistema i-Pen. Será vedado o ingresso de menores de 18 anos, idosos, gestantes e pessoas pertencentes ao grupo de risco, que devem utilizar o sistema de visita virtual.

Fonte: Engeplus

Victor Hugo

Related post