SC tem mais de 4,2 mil novos casos de coronavírus em 24 horas e chega a 306 mil confirmados

 SC tem mais de 4,2 mil novos casos de coronavírus em 24 horas e chega a 306 mil confirmados

Santa Catarina teve mais de 4,2 mil casos de coronavírus em 24 horas e chegou a 306.788 pacientes confirmados desde o início da pandemia, com 3.384 mortes. Os números são do boletim do governo do estado, publicado na noite desta quarta-feira (18).

O estado também tem o maior número de pessoas em tratamento desde março. São 20.205 pacientes em Unidade de Terapia Intensiva (UTI), enfermaria ou em casa. A taxa de ocupação de leitos de UTI na rede pública também subiu em relação a terça (17) e atingiu 77,38%.

Confira abaixo os principais dados do relatório estadual:

– 306.788 casos confirmados. Na terça (17), eram 302.578

– foram acrescentados ao boletim 4.210 novos pacientes em 24 horas

– 3.384 mortes. Na terça, eram 3.370

– 283.199 recuperados

– 20.205 pacientes em tratamento. Na terça, eram 19.164

– taxa de ocupação de leitos de UTI na rede pública é de 77,38%

– 319 leitos vagos. Na terça, eram 332

– testes com resultado: 488.467 PCR e 422.256 testes rápidos, além de 3.808 diagnósticos clínicos

– 1.885 testes em análise no Lacen

– todos os 295 municípios de Santa Catarina têm pelo menos um caso de Covid-19

– 238 cidades registram pelo menos uma morte pela doença

São 1.410 leitos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em todo o estado, dos quais 1.091 estão ocupados, sendo 420 por pacientes com suspeita ou confirmação de Covid-19. Na terça, 400 pessoas estavam em UTI por causa da doença.

Desde agosto, a Secretaria de Estado da Saúde divulga um levantamento online com algumas informações sobre as vítimas que morreram em decorrência da doença.

Mapa de risco

Santa Catarina tem três regiões em risco gravíssimo para Covid-19. Segundo atualização da matriz de alerta do novo coronavírus divulgada nesta quarta-feira (18) pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), outras 13 regiões estão classificadas com risco grave no mapa.

As regiões em risco gravíssimo são: Alto Uruguai, Laguna e Xanxerê. 

Fonte: G1 SC

Victor Hugo

Related post