Procuradoria apura abordagem de guardas municipais em Tubarão

 Procuradoria apura abordagem de guardas municipais em Tubarão

A prefeitura de Tubarão manifestou-se, por meio de nota, sobre a repercussão de um vídeo envolvendo a Guarda Municipal. Nele, agentes públicos aparecem imobilizando um homem que os teriam desacatado. O vídeo ganhou as redes sociais e, considerando como vem repercutindo, o Executivo municipal optou por instaurar um processo administrativo. Nele, por meio da Procuradoria-Geral do município, devem ser apurado os fatos e tomadas as medidas legais cabíveis.
A ação ocorreu na última segunda-feira (15), às 12h20, em um estacionamento no Centro. Uma sindicância foi aberta para apurar os fatos. As imagens mostram um homem retirado de um veículo por um agente municipal. Após a chegada de mais agentes, ele é imobilizado.
Já no chão, o homem recebe alguns golpes de cassetete nas pernas. Ao final do vídeo, uma outra pessoa surge na rampa da garagem e é possível ver seis guardas municipais.
Desacato
O procurador do município de Tubarão, Marivaldo Pires, informou na manhã desta sexta-feira (19) ao ND+ que os agentes envolvidos nesta ocorrência relataram que o veículo conduzido pelo homem estaria estacionado em local proibido.
Quando o homem recebeu a ordem de retirar, teria ofendido e desacatado os guardas municipais. Além disso, teria saído em disparada com o veículo e quase atropelado dois guardas que estavam em frente ao carro.
O veículo foi abordado em um estacionamento. Em razão da reação do homem, os guardas teriam acionado outros agentes.
“Iremos apurar a situação e verificar a possibilidade de imediato afastamento dos envolvidos por um prazo de 30 dias. Esperamos a documentação da ocorrência do secretário de Urbanismo, que é responsável pela Guarda Municipal. Se os fatos forem comprovados, vamos verificar se haverá o afastamento de imediato ou não”, comentou o procurador.

Fonte: ND+

Victor Hugo

Related post