Orleans deve instalar câmeras para inibir furtos de gado

 Orleans deve instalar câmeras para inibir furtos de gado

Após um aumento no número de casos envolvendo o furto de gado em Orleans, o Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) do município estuda a instalação de câmeras de monitoramento nos acessos ao interior, onde os crimes são registrados com mais frequência. 

Segundo a polícia, o abigeato acontece geralmente durante a madrugada e em locais mais isolados.  A secretária executiva do Conseg de Orleans, Giani Cechinel Loli Fontanella, explica que a maioria dos registros é em comunidades afastadas com vários acessos diferentes, o que facilita a fuga dos suspeitos. 

“Estamos estudando as possibilidades, vendo orçamentos e conversando com empresas e até mesmo com outros municípios, para ver quais medidas eles tomaram para evitar e diminuir o furto de animais em propriedades”, conta Giani. “É algo complexo, entramos no período eleitoral, tem as restrições, mas a ideia é fazer com que essas comunidades também contem com um sistema de monitoramento que possa coibir ou até mesmo identificar quem comete esses crimes”, ressalta a integrante do Conseg. 

Atualmente, o município já conta, na área central, com cerca de dez câmeras do projeto Bem-Te-Vi, da Polícia Militar. Giani conta que a ideia é dobrar esse número e verificar a possibilidade de realocar algumas delas, para que estejam em pontos estratégicos.

Fonte: Diário do Sul

Victor Hugo

Related post