Mais acidentes e menos mortes durante o feriadão nas rodovias federais catarinenses

 Mais acidentes e menos mortes durante o feriadão nas rodovias federais catarinenses

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou nesta terça-feira, dia 13, o saldo da Operação Nossa Senhora Aparecida, deflagrada nas rodovias federais catarinenses entre sexta e segunda-feira, dias 9 e 12. Foram 122 acidentes, 146 feridos e duas mortes, ambas as fatalidades registradas na sexta, uma na BR-101 e a outra na BR-116.

Em comparativo com 2018, já quem em 2019 não houve feriado prolongado, o destaque é a redução do número de mortes, porém aumento de acidentes. No feriado de 2018, foram 116 acidentes, 170 feridos e cinco mortes nas rodovias federais catarinenses.

“Os dois acidentes com mortes aconteceram no primeiro dia da operação: um tombamento de motociclista na BR-101, em Itajaí, e um tombamento de caminhão na BR-116, em São Cristóvão do Sul”, informa a PRF. 

Durante a Operação Nossa Senhora Aparecida, a fiscalização foi intensificada nas BRs-282, 470, 280 e 101, sobretudo nas áreas litorâneas e de acesso às praias. “Durante a Operação, a PRF em Santa Catarina cumpriu seu papel, realizando intensa fiscalização de trânsito. Infelizmente, centenas de condutas perigosas foram flagradas pelos policiais em apenas quatro dias”, diz o órgão. 

Ao todo, foram 127 motoristas flagrados dirigindo sob efeito de álcool; 308 ultrapassando em local proibido; 606 motoristas ou passageiros sem cinto de segurança; 45 crianças sendo transportadas sem cadeirinha; e 53 condutores manuseando o celular.

“O combate ao crime também não parou durante o feriadão: 1,1 tonelada de maconha foi apreendida domingo, na BR-101, em Joinville. Além disso, cinco veículos roubados foram recuperados e 49 pessoas foram detidas por motivos diversos”, conclui a PRF.

Fonte: Engeplus

Victor Hugo

Related post