Atacado Vencedor esclarece venda de alimentos

 Atacado Vencedor esclarece venda de alimentos

Os clientes do Atacado Vencedor, de Braço do Norte, se surpreenderam nesta quinta-feira, 2, ao encontrarem gêneros alimentícios de necessidade básica nos corredores da loja, famosa pela variedade em produtos. 

O empreendimento, que fica localizado na SC 370 no bairro Rio Bonito, possui cerca de 80 funcionários e passou a operar em horário reduzido após decreto municipal. O que chamou a atenção de quem frequenta o local é o acréscimo de prateleiras com alimentos como arroz, feijão, óleo, leite entre outros como maneira de burlar o decreto, afinal seria configurado como loja de produtos essenciais, e passaria a operar em horário normal.  

De acordo com Marcelo Boeing, proprietário do Atacado Vencedor, o fato não passa de comentários maldosos. “Nossa loja já comercializa produtos alimentícios como doces, balas, biscoitos entre outros e agora estamos comercializando alimentos básicos. Estamos agindo conforme a lei determina, inclusive se consultarem nosso CNPJ irão ver que estamos autorizados a vender estes produtos. Desde o inicio da pandemia estamos agindo seguindo todos os protocolos zelando pela saúde dos nossos colaboradores e clientes” afirmou. 

“Cada pessoa tem a sua opinião, mas como comerciante acho que o decreto prejudica o cliente. Por exemplo, se no sábado nossa loja atendia até as 20 horas e agora atende até o 12h30min é claro que as pessoas irão se tumultuar, pois terão um tempo menor para fazer as compras. Apesar disso estamos seguindo o horário estipulado” desabafou o comerciante. 

Marcelo ainda destacou que a empresa adquiriu termômetros para medir a temperatura dos funcionários e clientes antes de entrarem no local. “A partir da próxima semana todos os funcionários, antes de iniciarem seu período de trabalho, irão ter sua temperatura aferida, assim como clientes que vierem a nossa loja” completou. 

Atacado Vencedor aplicará testes de Covid-19 em todos os funcionários

Nos próximos dias todos os colaboradores do Atacado Vencedor irão realizar testes para saber se estão ou não com Corona Vírus. “Nunca foi de nossa índole passar por cima de lei ou decreto e pensando no bem-estar principalmente de nossos colaboradores todos eles irão passar nas próximas semanas por teste contra o corona vírus. Adquirimos os testes com recurso próprio e será ofertado de forma gratuita a nossa funcionários” explanou Marcelo.

O que diz a Vigilância Sanitária 

Nossa reportagem procurou a Vigilância Sanitária que está realizando a fiscalização nesse sentido. Segundo o fiscal Jovanio Prudêncio, o órgão visitou o local e estuda o caso. “Visitamos o Vencedor Atacado hoje de manhã (dia 3) e vistoriamos o estabelecimento. Estamos analisando os papéis e a documentação deles verificando qual tipo de gênero alimentício eles são autorizados a comercializar, pois eles já costumam vender produtos como balas, biscoitos, chips e outros. Informamos que independente do produto vendido eles devem, obrigatoriamente, seguir o estipulado no decreto” afirmou.

“Aproveitamos a oportunidade para informar a respeito da nova legislação. A partir de agora a capacidade máxima de clientes dentro do estabelecimento está relacionado a quantidade de caixas abertos, cinco clientes por caixa ativo. A medida é obrigatória também para todos os mercados” finalizou.

Victor Hugo

Related post